Avançar para o conteúdo principal

Cosie Cherie no Inovaluso




Só com cinco temas de um EP, os Cosie Cherie roubam sorrisos com uma música verdadeira, positiva, e acolhedora. Para confirmar no Inovaluso desta semana.

Por Adriano Marques


Os Cosie Cherie são um grupo que mistura um género Acústico, Folk Rock e Indie. Nascida em Agosto de 2006, ta banda surgiu devido ao encontro de Job, holandês e Tânia, portuguesa. Segundo a informação do site de Cosie Cherie, "depois de um tentativa de tocar “Fever” de Peggy Lee acabaram por criar a “What Will You Do” e foi a partir daí que começaram como dueto".


Partilhando assim influências que vão desde Beatles, Nina Simone, Bob Dylan e Johnny Cash, o duo luso-holandês já lançou o seu EP de estreia, no inicio de Novembro do ano passado. O projecto tem o nome de Making Magic Floating Boats e tem sido  bem acolhido por parte do público. As músicas mais reproduzidas quer em concerto, quer no seu myspace têm sido "Morning Light", "Imagine", e "Diva".


Conhecidos pelos seus ritmos quentes e positivos, os membros dos Cosie Cherie admitem que estão a trabalhar arduamente no seu primeiro álbum completo , que conta com a participação de sete portugueses e sete artistas holandeses. Apesar desta tarefa, os Cherie Cosie continuam a dar concertos um pouco pelo país inteiro.


Se estiver interessado em descobrir a simplicidade musical e o contentamento dos Cosie Cherie têm a oportunidade de assistir ao concerto que se realiza dia 26 de Junho, pelas 17 horas, no Fnac Almada.

Abrindo apetites: 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …