Avançar para o conteúdo principal

Roy Orbison em Modo Classic Rock


No Verão de 1964 a Monument Records editava aquele que viria a ser o mais universal êxito de Roy Orbison. Depois de brilhar no seu próprio tempo, o êxito ganhou uma segunda vida, nos anos 90, após dar nome ao filme “Pretty Woman”.  Um verdadeiro Classic Rock, a recordar…

Por Maria Coutinho 




 Inspirado na sua mulher, e em conjunto com Bill Dees, o homem dos óculos escuros e voz quente escreveu “Oh Pretty Woman” e os sucessos sucederam-se. Três semanas a liderar a lista da Billboard Hot 100, a lista de vendas de singles no reino Unido e ainda dois   Grammy (ambos em data posterior à morte do cantor/compositor) foram apenas alguns dos galardões que, de 1964 a 2004, o tema coleccionou.

Mais, Oh Pretty Woman deixou marcas em várias formas de espectáculo e multimédia: é estrela no cinema de Hollywood a Bollywood, em séries televisivas por todo o mundo, incluindo a Tv Japonesa , e constou ainda na série americana do canal Fox Futurama.

Quem não se lembra da dupla Julia Roberts e Richarde Gere na comédia romântica , Pretty Woman, de 1990?


Na história da música existem inúmeras versões conhecidas deste tema. Uma dessas versões fez história no sistema legal americano. Em 1989 banda  de rap 2 Live Crew  parodiou o tema, mudando-lhe a letra.  A editora de orbison, então a Accuf-Rose Music, reclamou pelos direitos autorais do tema. A decisão do Supremo Tribunal Americano, a favor dos rappers, determinou que os direitos de autor fossem alargados a temas parodiados a partir dos originais.

Mais alguns grandes nomes da Música versaram “Oh Pretty Woman”, em várias línguas e estilos musicais. De Al Green  a Jon Bon Jovi  , de Van Halen   a Elvis Costello e Bruce Springsteen .

Em 1988, aos 52, o cantor/compositor deixou este lado da vida, deixando a sua marca no mundo. Para quem (ainda) tem dúvidas citamos o rei do rock, Elvis Presley, a quem alguém perguntou “(…) Além de si próprio, quem é o maior cantor da América?”. A resposta foi rápida: “Roy Orbison”.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …