Avançar para o conteúdo principal

Deolinda no Inovaluso

No Inovaluso desta semana temos correio garantido com "Dois selos e um carimbo". O som e a letra são garantidos pelos Deolinda , grupo cuja fusão do fado com atitude e performance vincadas no século XXI lhes confere um lugar cativo no panorama musical em língua de Camões, e não só..

Por Gabriela Chagas
                                                       Originalmente publicado a 13 de Dezembro de 2010


Dois Selos e um Carimbo está a ser um sucesso internacional , mas há muito que os Deolinda fazem história no panorama musical, encantando com músicas inspiradas pelo fado e pelas suas origens tradicionais.

Já com vinte mil exemplares vendidos, o  novo  álbum , "Dois selos e um carimbo",  que em Portugal entrou directamente para número um do top de vendas,  foi eleito pelo jornal britânico Sunday Times um dos melhores de 2010 na categoria de world music/jazz, um foco quase que esperado. No ano passado tinha feito parte da lista com o primeiro disco da banda “Canção ao lado”.

Este é apenas um dos exemplos de reconhecimento internacional do trabalho desta banda portuguesa nascida em 2006. Em Abril passado os Deolinda foram distinguidos com o Prémio da revista britânica Songlines.

A banda esteve este ano em digressão internacional, passando por países como os EUA, Suécia, Bélgica e Holanda e no início do próximo ano o grupo prepara-se para uma estreia nos Coliseus, a 22 de Janeiro no Porto e a 29 em Lisboa.

O projecto musical surgiu em 2006 quando os irmãos Pedro da Silva Martins e Luís José Martins convidaram a prima, Ana Bacalhau, então vocalista dos Lupanar, para cantar quatro canções.

Ao grupo juntou-se José Pedro Leitão, também dos Lupanar e assim nascera os Deolinda. Em 2008 o grupo lança o  disco de estreia, "Canção ao Lado".

Desde esse momento a popularidade dos Deolinda disparou,  tendo o disco alcançado o ouro ,  a platina e a dupla platina,  o que corresponde à venda de mais de 40 mil unidades , seguindo-se depois o seu lançamento no mercado europeu.

Um convite: 



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …