Avançar para o conteúdo principal

TV on The Radio na Dança do Som


Se lhe falar em Tv On the Radio, aposto que começa logo a sentir uma energia sinceramente electrizante e duradoura. À mistura sente as batidas do rock e os riffs de guitarra. Já entrou na onda? Então relaxe porque vou contar-lhe uma história. E os Tv On the Radio fazem parte dela. 

Por Ana Luísa Silva 

Se a sua  onda passa por  misturas post-punk, com sons electrónicos e outros elementos atmosféricos com uma boa "rockalhada" à mistura então acredite que os Tv On the Radio são o ideal para si. O vocalista Tunde Adebimpe e o multi instrumentalista e produtor David Andrew Sitek nasceram um para o outro. Ambos visionários e músicos, os Tv On the Radio só fazem sentido com eles incluídos. Mas se acha que os dois têm background académico em música enganou-se redondamente. Estão ligados à arte sim, mas à sétima arte. Adebimpe estudou animação stop-motion em Nova Iorque tendo participado, juntamente com Sitek, na produção do vídeo “Pin” dos também eles únicos Yeah Yeah Yeahs.

Mas antes de todas estas maravilhas acontecerem, o duo não se conhecia. E esse encontro aconteceu quando Sitek mudou -se para o edifício onde Adebimpe tinha um apartamento. Cada um deles gravava música individualmente até que se aperceberam que, se juntassem os trapinhos, as coisas iriam dar certo. Foi assim que Jason, o irmão de Sitek, começou a tocar bateria e outros instrumentos com o duo durante as gravações, o que resultou num cd com 24 faixas. 

Jason Sitek abandonou a banda, mas por muito pouco tempo, e voltou para gravarem o EP “Young Liars” em 2003, que contou igualmente com a participação dos elementos dos Yeah Yeah Yeahs Brian Chase e Nick Zinner.

Após o EP estar completo, os TV on the Radio recrutaram Kyp Malone para ser vocalista e guitarrista e, em 2004, lançam “Desperate Youth, Blood Thirsty Babes”, que devido ao enorme sucesso, manteve a banda ocupada o resto do ano, obrigando-os a embarcar em digressões com os The Faint e os The Pixies. Nesse Outono, os TV lançaram o EP New Health Rock e alcançaram o Shortlist Prize.

Em 2005 a banda continua atarefada com digressões e quando regressam, põem logo as mãos na massa e começam a preparar o segundo álbum. Em 2006 assinaram com a 4AD para uma distribuição europeia dos álbuns e voltam à  carga com o álbum “Return to Cookie Mountain”, que além de ter contado com a presença do muito ilustre David Bowie, contém o single “Wolf like Me” que consegue transpor todas as energias electrizantes e rock de que os TV são famosos. 



A banda lança em 2008 “Dear Science” e opta por uma pausa na comunhão. Sitek forma um projecto pop com Maximum Ballon e lançam em 2010 um EP. No início deste ano e após este acontecimento, a banda volta à carga com o quinto álbum,  “Nine Types of Light”.

Mas nem tudo são boas notícias. Esta quarta-feira faleceu  o baixista do grupo, Gerard Smith, aos 34 anos. Segundo o site Iol Música, o músico travava uma luta contra um cancro nos pulmões e estava a receber tratamento desde Março, altura em que o grupo anunciou que Smith não participaria na digressão de apresentação ao novo álbum, «Nine Types of Light».

Depois de anunciada esta perda , o grupo cancelou os cinco concertos agendados para os próximos dias nos EUA. A 9 de Julho os TV on The Radio têm encontro marcado por cá, no Optimus Alive!11 , em Algés.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …