Avançar para o conteúdo principal

X-Wife no Inovaluso




Estávamos no início do novo milénio quando, na cidade Invicta, as festas electro do Club Kitten no Triplex eram o hype da noite portuense, introduzindo o electroclash no cartaz da diversão nocturna e conquistando uma sólida base de atentos simpatizantes. Da popularidade a solo até à formação dos X-Wife foi só um pequeno salto. 

Por Susana Terra 

João Vieira a.k.a. DJ Kitten (voz, guitarra), Fernando Sousa (baixo) e Rui Maia (sintetizadores, bateria, drum machine) são o trio que constitui os X-Wife. Juntaram-se em 2002 e consideram-se herdeiros da tradição pós-punk dos Suicide ou dos Gang of Four e conquistaram mesmo o ouvido e a devida vénia de James Murphy (LCD Soudsystem). No espaço de praticamente 9 anos, os X-Wife lançaram o EP Rockin’ Rio (2003) e os álbuns Feeding the Machine (2004), Side Effects (2006) e Are you ready for the Blackout? (2008).  

Aquando do lançamento de Rockin’ Rio, este trio alcançou de imediato notoriedade nos “mercados” musicais, não só pela frescura do estilo, da electro ao rock e tocando inevitavelmente o punk e os pungentes ritmos de dança, como ainda pela composição lírica das canções e das prestações a título individual dos DJs Kitten e Rui Maia. 

No passado mês de Março, os X-Wife concluíram as gravações do seu novo álbum “Infectious Affectional”, do qual já podemos ouvir o contagiante single “Keep on Dancing”, um tiro certeiro na consolidação da carreira do grupo. 

“Infectious Affectional” mantém a linha da sonoridade dançável alimentada pelo cenário pós-punk. Os X-Wife são, aliás, a única banda portuguesa capaz de ombrear com os grandes nomes internacionais deste género musical. Prova disso são as centenas de concertos já dados na Europa e EUA, os muitos convites para mais e o reconhecimento da crítica e, sobretudo, da crescente legião de fãs. Portanto, há  que dar o devido valor à prata da casa, seja em trio ou a título individual.

“Infectious Affectional” está quase, quase a sair para o mercado. Enquanto isso, ouvidos atentos e “Keep on Dancing”.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …