Avançar para o conteúdo principal

The Gift no Luso Vintage



Link da imagem

The Gift: Uma Explosão de Cores

Desde a edição de “Vinyl”, em 1998, que os The Gift foram conquistando um lugar de referência no panorama da música nacional. Em 2001 confirmaram o sucesso com o lançamento de “Film”, mas foi em 2004 que arrebataram o público com a edição de “AM/FM”, um dos melhores álbuns da electro-pop feito em Portugal. Regressaram este anos  com “Explode”, cuja apresentação teve lugar em cinco concertos em pleno coração de Lisboa, no Tivoli.  

Por Carmen Gonçalves

Após sete anos desde o lançamento do último registo de originais, os portugueses The Gift regressaram em Fevereiro aos álbuns , com a edição de “Explode”. Esta edição contou, numa primeira fase, apenas com a versão digital do álbum que a banda de Alcobaça disponibilizou no seu site pelo valor que quisessem dar pelo mesmo.  

Gravado em Madrid, este disco conta com a produção de Ken Nelson, revelando ser um registo mais eléctrico e mais cru que os anteriores. Os arranjos electrónicos e as orquestrações dão lugar a uma vertente musical mais pop, como se pode escutar no tema de avanço “RGB”.

  The Gift - RGB by iHugo

As novas cores de “Explode” apontam para um novo rumo da banda. Em entrevista à revista “Vidas” do jornal “Correio da Manhã”, Nuno Gonçalves refere: “Em todos os discos sempre tentámos acompanhar os sinais dos tempos. Não fazia sentido os The Gift, em 2011, soarem os The Gift de 1998” (…) O compositor é o mesmo, os músicos são os mesmos e a vocalista é a mesma, mas era importante para nós continuar a abrir as portas do alternativo”.  

Depois do êxito da edição do registo ao vivo “Fácil de Entender” de 2006, que compila os temas mais marcantes dos The Gift até então, “Explode” consegue bater esse sucesso, tendo entrado directamente para o top de vendas nacional. 

Com concertos já agendados para a apresentação deste novo trabalho, 2011 promete ser um ano em cheio para os The Gift. Relembra-se que também irão estar presentes no Festival Super Bock Super Rock, subindo ao palco principal no dia 15 de Julho.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …