Avançar para o conteúdo principal

Beatles em Modo Classic Rock


 

Across the Universeé uma música histórica que terá nascido de uma discussão entre Jonh Lennon e a sua primeira mulher Cynthia Powell , mas que acabou por ser exemplo de bonança e de mensagem de paz. O Modo Classic Rock desta semana explica porquê.
Por Gabriela Chagas
Há quem diga mesmo que esta foi a primeira música ambientalista da história. Para a História ficou seguramente. Ou não fossem os seus criadores um emblema musical de todas as gerações: Beatles.
Na verdade, a 04 de Fevereiro de 2008 "Across The Universe"foi escolhida para ser enviada para o espaço em direcção à estrelaPolaris, a431 anos luz da Terra, uma iniciativa para comemorar 40.º aniversário da composição da canção e o 50.º aniversário da NASA.
A força da letra estará com toda a certeza por detrás desta escolha. É que além do seu nome “Across the Universe”, há ainda um indicador de que“Nothing's gonna change my world”
O tema foi escrito em 1967 por John Lennon após uma discussão com a sua primeira mulher Cynthia Powell. Durante a discussão, Cynthia terá dito que “palavras flutuam como uma chuva sem fim dentro de um copo de papel”. Lennon estava irritado e as palavras da esposa “fluíam como uma corrente sem fim “ na sua cabeça e só passando para o papel é que encontraria alguma paz para dormir. O músico transformou as palavras numa espécie de música cósmica e na manhã seguinte compôs para as palavras.
O refrão é uma espécie de mantra que se destina a acalmar a mente.
“Jai guru deva, Om”
As palavras “Jai Guru Deva Om” são escritas em sânscrito e significam “dou graças a Guru Dev”, uma expressão que os discípulos do guru Maharishi usavam frequentemente, enquanto o “OM” prolongado no final é usado para meditação e para se relacionar com a vibração natural do universo. É conhecido o interesse de Lennon pela meditação transcendental e em 1968 chegou a passar uns tempos num retiro espiritual na Índia.

 
A primeira versão desta música contou com um coro feminino de duas fãs que estavam na frente do estúdio naquele dia. Uma delas uma brasileira, Lizzie Bravo.

Across the Universe" também foi regravada pelo cantor britânico David Bowie com a participação de John Lennon e cantada por tantos outros nomes como Cyndi Lauper, Roger Waters, foi ainda usada como título de um filme.

 
Recentemente, a força das palavras de Lennon e da música deste gigante grupo foram usadas por outros gigantes da música para homenagear as vítimas do Tsunami na Ásia, durante os Grammy 2005. Brian Wilson, Alicia Keys, Tim McGraw, Bono, Stevie Wonder, Norah Jones e os membros do Velvet Revolver foram os protagonistas deste momento.




Este tema, tal como muitos outros dos Beatles, vive “para lá do Universo” . Mensagens e heranças musicais que vivem em todos nós. Património da humanidade para recordar…

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …