Avançar para o conteúdo principal

The Clash no Video do mês




Maio de 2011 pertence aos Clash com Rock the Casbah, no vídeo do mês . O grupo britânico foi formado em 1976, e foi um dos mais importantes contributos, senão até o mais importante, no mundo do punk rock.

Por Júlia Rocha

A letra original e música de Rock the Casbah foram compostas por Topper Headon. Pouco depois do primeiro lançamento da música, Headon deixou os Clash por causa de um problema de drogas, e Joe Strummer decidiu reformular a letra escrita por Headon. Supostamente, a primeira versão tinha uma índole mais romântica, ou melhor, sexualmente romântica . Segundo declarações do antigo manager da banda Kosmo Vinyl, a música chegava a ter um conteúdo pornográfico. A inspiração de Strummer para algumas partes da letra vieram de outro manager Bernie Rhodes, inclusivamente estes versos “'The King told the boogie men You gotta get that raga drop.”. No Irão era proibida a posse  de determinados álbuns, bem como  ouvir certos tipos de música (como disco.) Joe Strummer queria pôr em prática o espírito de revolta e luta que a música dos Clash podia ter. 

Relembro só a formação dos Clash: além de Joe Strummer e Topper Headdon, também faziam parte da banda Paul Simonon e Mick Jones. Depois da saída, acima referida, de Headon em 1982, a banda separou-se em 1986.

 Rock the Casbah era o grito de revolta contra proibições e repressões a nível musical, que Joe Strummer quis destacar. Despois do grande sucesso da música, Joe considerou sair da banda, porque a ideia original e a mensagem que se pretendia passar estava a perder importância relativamente ao sucesso e dinheiro que o tema estava a render aos The Clash. 

De referir também que  tema foi utilizado como lema pelo exército norte-americano na invasão ao Iraque em 1991. Faz parte do quinto álbum da banda “Combat Rock”. A canção chegou ao número 8 da tabela Billboard. 

O vídeo, filmado em 1981 nos arredores de Austin, Texas , foi protagonizado por Titos Menchaca e Dennis Raze. O primeiro interpreta o árabe e o segundo o judeu. Uma interacção interessante e lúdica. O cenário foi concebido à imagem do Médio Oriente, e até inclui petróleo. Enquanto vemos estas personagens, também vão surgindo os próprios Clash no seu estilo bem apropriado. 

Curiosamente, o vídeo foi lançado antes da MTV ir para o ar. Foi realizado por Don Lutz, um londrino. Foi a estreia deste realizador, e apesar da inexperiência, foi extremamente criativo. Titos Menchaca disse em entrevista que a cena incial do vídeo foi gravada cerca de 6 vezes, de maneira a conseguir m efeito “Indiana Jones”, imitando uma determinada cena do filme “Raiders of the Lost Ark”. Também disse que que estiveram a beber cerveja durante todo o dia de gravações e que um penetra tentou entrar durante as filmagens da última cena. No dia em que estavam a filmar, dois jovens irmãos andavam a ver locais para rodar as suas películas. Esses irmãos eram Joel e Ethan Coen...

Mais tarde o videoclip foi para o ar na MTV e depois no VH1. É importante destacar a grande e crescente admiração pelos Clash que se tem feito sentir nos últimos tempos, principalmente dentro de uma faixa etária bem jovem. 

Rock the Casbah foi e é o single com maior êxito dos Clash. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …