Avançar para o conteúdo principal

Espaço "You Got Mail"



Tal como no passado, o Futebol e a Música vão “fintando e embalando” o Buzz articulado à volta dos pedidos de ajuda e respectivas respostas , feito com as cores desta imensa Europa. As mesmas com que são pintados os inúmeros cartões de crédito que nos enchem (ainda) as carteiras. Por exclusão de partes deixo para já de lado o Futebol e aguço então os sentidos para alguma da música que se ouviu durante este quente Abril. 

Por António Jorge 

Adele, um dos nomes de que se fala , mandou a timidez às couves; foi para estúdio depois para o palco e para a NET e “21”, segundo álbum da jovem britânica,  bateu o record de “ Immaculate Collection “ , que detinha a marca de nove semanas consecutivas no número um do Top britânico. Madonna sorriu, Adele agradece e promete muito mais. Na mesma onda, mas de diferente dimensão, a 360º Tour dos U2 acaba de ser considerada a mais lucrativa digressão de sempre da história da música. E porque os rocker’s também são cordiais, no caso os Rolling Stones dizem que a nova marca está bem entregue. Bono tira os óculos e deixa apenas antever um breve piscar de olhos. 

Abril foi também propósito para lembrar os dezassete anos que (já) passaram sobre a morte de Kurt Kobain. Zé Leonel, incontornável figura do rock nacional, co-fundador dos Xutos e Pontapés e homem do leme dos Ex-Votos tinha cinquenta anos e sim, morreu este mês. 

Feitas as devidas homenagens , regresso às boas notícias; como são os novos discos dos Clã, de Panda Bear, do projecto Movimento, dos Amor Electro e dos Beastie Boys.São vários Like’s!

Os últimos dias deste Abril fizeram-se com a 3ª Edição do Festival Alternativo da Canção, que aconteceu nos Olivais em Lisboa,  com apresentação de Dina Aguiar e Cândido Mota e que prestou homenagem a essa enorme voz que dá pelo nome de Dora. Aquele par de botas e a saia verde folhada tiveram residência oficial durante muito tempo no meu imaginário. Meu Deus; escrevi mesmo isto? Pronto ok, também esteve em Lisboa Carl Cox, o veterano e nobre DJ ainda titular e por direito próprio do cognome “ O senhor do Vinil”.
Diga-se então que, em Abril “foi bonita a festa, pá”.

Na expectativa, os novos discos dos The Strokes e Red Hot Chilli Peppers mas também, a “performance” dos Homens da Luta no Eurofestival da Canção.
Steven Taylor - não trocaria os Aerosmith pelos Led Zeppelin.
Nem eu,ponto!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …