Avançar para o conteúdo principal

Morreu Amy Whinehouse



A voz de "Rehab" deixou-nos aos 27 anos. Amy Whinehouse foi encontrada morta na sua casa,em Londres, avança o site do Expresso. Ainda não foram apuradas as causas da morte.

Por Irene Leite

A ambulância chegou a casa da cantora (já sem vida) por volta das 16h00. Amy apresentava uma serie de problemas com álcool e drogas, situação que levou ao cancelamento da digressão europeia, que incluia uma passagem por Portugal, no festival sudoeste. 
 
Para recordar, um dos maiores êxitos da cantora:

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Não, o conteúdo desta noticia não é divertido!
    Mas esta tentativa de escrever português …
    “...avança o site do Expresso” – onde é que ele se encontra agora? Será certamente ainda noticiado.
    „A ambulância chegou a casa da cantora ,já sem vida“ –Todos os esforços de resgate em casa da cantora foram em vão. Descansa em paz, ambulância.
    “Amy apresentava uma serie de problemas com álcool e bebidas” – Ela própria, nunca teve qualquer problema com narcóticos... ?
    “problemas com álcool e bebidas” – (e.g. água, sumo de laranja, sumo de maçã, etc.)

    ResponderEliminar
  3. Boa noite,

    Sim, a noticia foi avançada pelo site do Expresso e Amy Whinehouse já não estava viva aquando da chegada da ambulância. é um facto avançado pelos jornais. Quanto aos problemas, obviamente uma gralha: álcool e drogas.

    Obrigada pela atenção.

    Melhores Cumprimentos. De facto, não é nada divertido.

    Irene Leite

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Foto da Semana

Iggy Pop Foto:Annie Leibovitz

Sitiados no Luso Vintage

Link da imagem


Sob a égide de João Aguardela, um talento musical falecido em 2009, nasceu nos finais dos anos 80 uma banda que trouxe para o panorama do rock português a música tradicional. Os Sitiados marcaram (e ainda conquistam) gerações, com novos sons e sobretudo, muito talento e atitude.



Por Gabriela Chagas


O tema “Esta vida de marinheiro” (vendeu mais de 40 mil cópias) é um dos exemplos desse novo som da década. Desapareceram em 2000 , mas deixaram-nos a sua herança. Sitiados, a banda hoje em destaque no Lusovintage do Som à Letra foi beber à tendência sonora dos irlandeses The Pogues.


José Resende (Guitarra), João Aguardela (Voz) e Mário Miranda (Baixo), todos eles ex-Meteoros, juntaram-se assim ao baterista Fernando Fonseca.

À semelhança de outras bandas emblemáticas dos anos 80, os Sitiados também marcaram presença no Rock Rendez Vous. Dinamizados por João Aguardela, concorrem ao 5º Concurso de Música Moderna do Rock Rendez-Vouz e ficam em 2º lugar, atrás da banda do seu primo Ar…

Cesário Verde

 Link da imagem
Poeta pintor, poeta repórter

Cesário Verde é um poeta do século XIX que se enquadra na estética realista, ainda que nas suas produções poéticas esteja presente a influência de outras correntes como o Parnasianismo, o Impressionismo e o Surrealismo. Para o autor, o mundo externo conta de modo pimacial , e é através da "descrição" deste mundo (mutável e miscelâneo) que lhe podemos conferir a designação do poeta repórter e poeta pintor.

Por Irene Leite 


Recorrendo ao poema ,  "Num Bairro Moderno" , podemos confirmar esse gosto pela descrição: "Dez horas da manhã; uma casa apalaçada ; pelos jardins estancam-se as nascentes". Ao descrever e relatar esta paisagem , o autor recorre à técnica cinematográfica do corte e da montagem de acontecimentos justapostos, ressaltando-se o seu carácter deambulatório , o que nos leva à conclusão de que Cesário Verde é um poeta repórter. 


No entanto, a sua poesia caracteriza-se também pela existência de uma …